Homem é esfaqueado e companheira é a principal suspeita

A equipe médica encontrou 16 pedras de crack dentro da cueca da vítima

Patos Notícias
03/08/2020 - 09h34

Homem é esfaqueado e companheira é a principal suspeita

Na madrugada desta segunda-feira (03), um homem, de 52 anos, ficou ferido após ser esfaqueado, supostamente, por uma mulher de 42 anos. O crime aconteceu em uma casa, na Rua Três Corações, bairro Padre Eustáquio em Patos de Minas.

Ao chegar ao local, os militares encontraram a vítima, caído no quarto e sangrando. Uma testemunha que estava na casa, disse para os militares que mora na casa de favor e que a vítima matinha um caso amoroso com a suspeita.

A testemunha disse ainda que, momentos antes do crime, a mulher estava na cozinha reclamando que estaria sendo pressionada e ameaçada pelo companheiro, que seria obcecado por ela. Já por volta das 4h da madrugada, a testemunha disse que foi para o quarto dormir e que a mulher foi para o quarto dela juntamente com  o companheiro.

Após alguns minutos, a testemunha ouviu o homem pedir por socorro, que ao sair para verificar, viu a suspeita saindo do quarto e fugindo da casa apressadamente.  Ao entrar no quarto, encontrou o cidadão caído, só de roupa intima e ensanguentado. Uma equipe do Corpo de Bombeiros foi acionada e socorreu a vítima para o Hospital Regional com um corte no pescoço.

Em conversa com os militares, a filha da suspeita disse que a mãe é usuária de droga e que se prostitui como forma de pagamento para manter o vício e que o homem seria quem fornecia drogas para ela.

Já no hospital, o homem confirmou que mantinha um relacionamento amoroso com a suspeita e que ela estava há três dias morando com ele na casa. Ainda sobre o crime, ele disse que durante a madrugada, a companheira e a testemunha estavam conversando na cozinha e que depois ela entrou no quarto para dormir e que repentinamente, pegou uma faca e o golpeou no pescoço.

Ao ser questionado sobre a motivação, o homem disse desconhecer e que ela não queria matá-lo, apenas lhe passar um susto. O detalhe foi que durante o atendimento, a equipe médica encontrou dentro da cueca, 16 pedras de crack e uma cédula de R$ 20,00.

Rastreamentos seguem no intuito de localiza a suspeita.

Patos Notícias