CIMA elege nova diretoria para o mandato de dois anos

A reunião aconteceu na sede da Polícia Militar de Meio Ambiente.

Ascom CIMA Patos
23/07/2020 - 08h58

CIMA elege nova diretoria para o mandato de dois anos

Os membros do Conselho Deliberativo do Conselho Integrado do Meio Ambiente Alto Paranaíba, realizaram uma Assembleia Geral para a eleição de novos conselheiros da Direção Executiva e dos Conselhos Deliberativo e Fiscal, para o biênio 2020/2022. A reunião extraordinária aconteceu no dia 16 de julho, de 8h30min às 10h30min, em área aberta (sala de refeitório) da sede da 10ª Companhia de Polícia Militar de Meio Ambiente na Rodovia MGC 354 – KM 171, como medida de biossegurança com a utilização de máscaras, álcool em gel e a manutenção de distanciamento adequado entre os participantes durante o encontro.

Na abertura da reunião, o presidente Ivanildo Alves Zica fez a leitura do Edital de Convocação como estava previsto em pauta. O presidente cumprimentou a todos os conselheiros presentes e foi informado sobre os objetivos da reunião extraordinária do CIMA para a eleição e posse dos novos membros do Conselho Deliberativo, do Conselho Fiscal e da Diretoria Executiva para o biênio 2020/2022. O secretário Civuca Costa informou sobre a publicação na imprensa escrita local do Edital de Convocação em prazo legal e antecipado à realização da presente Assembleia, como prevê o Artigo 38 do Estatuto da entidade. O secretário leu a Ata do mês de junho que foi aprovada na íntegra. Civuca Costa destacou sobre a importância da renovação de alguns quadros nas instâncias internas que compõem o órgão ambiental como forma de otimização da agenda de ações e planejamento do CIMA. Foram apresentados alguns nomes para a substituição de conselheiros sem frequência regular nas reuniões e eventos do Conselho Ambiental.

O presidente Ivanildo Alves informou ainda sobre a decisão do secretário Civuca Costa dirigida em mensagem à direção do Conselho com justificativa em não poder participar mais da executiva para se dedicar a outros projetos ambientais e culturais nos próximos anos. Porém, continuará como membro efetivo no Conselho Deliberativo e na assessoria de comunicação. Após várias manifestações de conselheiros a composição ficou assim definida pelos presentes: Conselho Deliberativo - Takao Enardo Fujimoto, Kalil Samuel Karim Resende, José Maria de Resende, Waldir Xavier Barbosa, Eugênio Pacelli Civuca Costa, Geraldo Nogueira Arcanjo, Edson Mendes dos Reis, Ivanildo Alves Zica e os novos integrantes - João Fernandes Caixeta e Maria Eduarda Aparecida Pereira Silva. Conselho Fiscal: José Humberto Alves, Simone Marques Martins, Antônio Lamounier Costa, Lauro José Ayub Fonseca e os novos integrantes – José Lucilo da Silva Júlio e Liliana Maria Gomes. José Humberto Alves foi indicado como o presidente do Conselho Fiscal. A Direção Executiva eleita e empossada pelos presentes na Assembleia Geral do Conselho Integrado do Meio Ambiente, para o mandato de dois anos, tem os seguintes nomes: Ivanildo Alves Zica (presidente), Edson Mendes dos Reis (vice-presidente), João Fernandes Caixeta (secretário) e Geraldo Nogueira Arcanjo (tesoureiro). A chapa apresentada foi eleita e empossada por aclamação pelos membros presentes na reunião. O comandante da 10ª Cia PM de Meio Ambiente, Paulo Bernardes Vidal ficou como Consultor Técnico, como reza o regimento interno do Conselho.

Após a eleição e posse dos novos conselheiros, Ivanildo Alves Zica oficializou o seu afastamento como presidente, bem como o do conselheiro fiscal José Lucilo da Silva Júlio, no período de 15 de agosto a 15 de novembro, por ocasião das Eleições Municipais, tendo os dois como pré-candidatos a vereador. Neste interregno, o vice-presidente Edson Mendes dos Reis desenvolverá as funções da presidência do CIMA, inclusive para assinatura de cheques de pagamento de despesas do Conselho em conjunto com o tesoureiro Geraldo Nogueira Arcanjo. No encerramento da Assembleia foi dada a palavra franca aos presentes que emitiram manifestações de apreço e elogios à atual diretoria e as atividades desenvolvidas pelo CIMA nos últimos anos. Ivanildo Alves agradeceu a todos pela dedicação voluntária e destacou as conquistas do meio ambiente conduzidas ou patrocinadas pelo Conselho Integrado do Meio Ambiente - Alto Paranaíba.

O conselheiro Civuca Costa fez questão de ilustrar sobre a importância do CIMA em programas e projetos de melhorias por meio de intervenções socioambientais no âmbito regional e citou as parcerias acertadas com o Pronascentes, o Pró-Mananciais, o Café com Bordado, o Parque Municipal do Mocambo e a Polícia Militar de Meio Ambiente, nos últimos anos. E fez questão de lembrar dos 26 anos de história do Conselho Integrado do Meio Ambiente, criado em 1994 pela Lei Estadual nº 11.404 e declarado de Utilidade Pública pela Lei Municipal nº 5.240 de 18 de dezembro de 2002, com a finalidade de colaborar nas atividades de preservação do Meio Ambiente no Alto do Paranaíba, nas Bacias do rio São Francisco e na Subbacia do rio Paranaíba, especialmente as executadas pela Polícia Militar de Meio Ambiente, visando maior eficiência, presteza e controle de todas as ações em defesa do Meio Ambiente.

Ao final da assembleia de 16 de julho, o conselheiro Civuca Costa fez questão de registrar também sobre a proatividade da atual gestão do CIMA nas áreas da comunicação e na divulgação das ações desenvolvidas pelo órgão ambiental que é reconhecido publicamente como uma ONG importante para a sociedade de Patos de Minas e região.

"Parabéns a todos membros eleitos e empossados, em especial ao Cívuca Costa pelo excelente trabalho e dedicação ao CIMA, ao longo desses anos", foi a mensagem deixada pelo vice-presidente reeleito do Conselho, Edson Mendes dos Reis.


  • Galeria
  • Galeria