Confusão e acidentes nas obras da BR-354 deixam motoristas indignados

Muitos reclamam da má sinalização no local.

Vanderlei Gontijo
17/07/2020 - 14h40

Confusão e acidentes nas obras da BR-354 deixam motoristas indignados

Os motoristas que utilizam a BR-354, entre Lagoa Formosa e Patos de Minas, principalmente aquelas pessoas que trabalham numa das duas cidades, estão reclamando da demora na liberação das barreiras nas obras da rodovia. Na manhã desta sexta-feira (17/07) os condutores de veículos e seus passageiros tiveram que aguardar no local por mais de uma hora até que as pistas foram liberadas. Em seguida por volta das 10h00 um caminhão desgovernado atingiu vários outros veículos e tombou no local.

A paralisação está acontecendo nos dois sentidos e as filas no local estão quilométricas. De acordo com os motoristas, a construtora que trabalha na recuperação do asfalto da rodovia não realiza sinalização no local de forma adequada, com isso, as filas estão gigantescas e, por causa, da grande demora na liberação dos veículos nas paradas, quando elas ocorrem, caminhões, ônibus, motocicletas e automóveis saem em alta velocidade.

Uma das causas dos condutores deixarem as paradas acelerando é que muitos estão perdendo seus compromissos, ou seja, até mesmo colocando em risco seus empregos, uma vez que muitos moradores de Lagoa Formosa, por exemplo, trabalham em Patos de Minas e vice-versa. Ainda na manhã desta sexta (17) um caminhão tombou no local, após um motorista perder o controle direcional do veículo de carga. Antes de tombar, desgovernado, o caminhão atingiu a lateral de uma carreta e um carro, que ficou bastante danificado.  

Conforme informações, a liberação do trânsito de cada lado deveria ocorrer a cada 20 minutos. Mas, como está demorando até 1 hora tem muitos veículos parados, a fila praticamente não anda e mais veículos vão chegando e aumentando o engarrafamento. A reportagem tentou contato com representantes do DER, mas não conseguiu retorno. Ainda sobre o acidente no local, ambulâncias de Patos de Minas e caminhões do Corpo de Bombeiros atenderam a ocorrência, mas as informações preliminares são de que não houve vítimas de ferimentos.


  • Galeria
  • Galeria
  • Patos Notícias
  • Galeria
  • Galeria
  • Galeria
  • Galeria
  • Galeria
  • Galeria
  • Galeria
  • Galeria
  • Galeria
  • Galeria
  • Galeria
  • Galeria
  • Galeria
  • Galeria
  • Galeria
  • Galeria
  • Galeria

Patos Notícias