Delegado fala sobre inquérito da mulher que foi atropelada pelo caminhão do companheiro em Carmo do Paranaíba

O homem foi localizado e deve responder pelo crime de homicídio culposo, quando não há intenção de matar.

Vanderlei Gontijo
16/07/2020 - 14h55

Delegado fala sobre inquérito da mulher que foi atropelada pelo caminhão do companheiro em Carmo do Paranaíba

O delegado responsável pela Delegacia de Polícia Civil da cidade de Carmo do Paranaíba recebeu nossa reportagem para falar sobre o acidente seguido de morte, que vitimou uma mulher de 42 anos.

 O fato ocorreu na noite do domingo (21/06), na Avenida Zico da Usina, próximo à bifurcação com a Rua Monte Carmelo, quando moradores do local escutaram um estrondo e depararam com a vítima caída ao solo com muitos ferimentos ao lado da motoneta Honda/Biz, que ela conduzia. Uma equipe médica da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) foi ao local, mas Elaine Cristina dos Santos Ferreira já se encontrava sem os sinais vitais.

Durante as apurações da Polícia Civil e da perícia técnica ficou constatado que ela tinha sido atingida por um veículo de carga, sendo que algum tempo depois, o caminhão foi identificado como de propriedade do amásio da vítima.

De acordo com o delegado, através de diligências o caminhoneiro foi identificado e, através das oitivas, tanto com ele como de pessoas próximas do casal e, ainda, baseando nas imagens das câmeras de segurança que flagraram a motoneta que a vítima conduzia e o caminhão trafegando pelas ruas da cidade, onde foi possível notar a mulher tentando impedir o veículo de carga de se locomover, ficou constatado que Elaine que teria jogado a Honda/Biz contra o caminhão.

Segundo ele, diante dessas evidências e através de análises do inquérito, a Polícia Civil chegou à conclusão que o companheiro da vítima deverá responder por homicídio culposo, aquele que ocorre sem a intenção de matar. Na entrevista, a autoridade policial diz também que o condutor de um terceiro veículo, o qual teria dado fuga para o caminhoneiro, após o acidente, foi citado e também irá responder por esta ação que configura crime.

Fotos e informações: Julio Cesar

Patos Notícias