Prefeitura emite nota sobre informações dos leitos que foram para São Gotardo

Leitos em outros municípios são para atendimento da Macrorregião do Noroeste de MG.

Igor Nunes
01/07/2020 - 20h00

Prefeitura emite nota sobre informações dos leitos que foram para São Gotardo

A Prefeitura de Patos de Minas emitiu uma nota na noite desta quarta-feira (01/07) sobre a fala do secretário estadual de saúde, Carlos Eduardo do Amaral, sobre os leitos de UTI que a cidade deixou de receber e foram para São Gotardo. Confira na integra:

Sobre a informação de que São Gotardo recebeu respiradores por falta de estrutura em Patos de Minas, a prefeitura esclarece:

-segundo a Superintendência Regional de Saúde e conforme exposto em reunião realizada na segunda-feira (29/6) na Câmara Municipal, o plano de contingência do Governo de Minas Gerais prevê a habilitação de leitos de UTI nas microrregiões de Saúde (João Pinheiro, Paracatu, Unaí e São Gotardo) pertencentes à macrorregião Noroeste, da qual Patos de Minas é cidade polo;

-na referida reunião, a diretora-adjunta da SRS, Mayra Lemos, disse que dez UTIs em Unaí inclusive já estão habilitadas pelo estado. Na mesma oportunidade, ela explicou que um dos indicadores considerados para escolha de São Gotardo deve-se ao fato de que, na época, 60% das vagas de UTI do HRAD estavam ocupadas por pacientes dessa microrregião. Vale ressaltar que novos leitos em outros municípios são para atendimento da macrorregião, portanto, serve também aos patenses;

-diante disso, a prefeitura entende que a chegada de respiradores a outros municípios da região dá condições de descentralizar o atendimento e servir melhor à população regional. O envio de ventiladores mecânicos será efetivado para Patos de Minas, sendo o Hospital São Lucas prioridade para recebê-los, desde que a instituição conclua a regularização da situação jurídica que a envolve, ou seja, obter o CNPJ próprio do hospital e desfiliar-se completamente da Funam;

-a prefeitura também entende que, descentralizando os atendimentos, os leitos já existentes na cidade estarão mais disponíveis a moradores locais, o que não cessa a tomada de medidas por parte do município para efetivar a habilitação de novas UTIs. Inclusive, o Hospital de Campanha consta no plano de contingenciamento do Governo mineiro.

Patos Notícias


Patos Notícias


Patos Notícias