URT perde para o Uberlândia e quebra tabu de quase oito anos

Pela oitava rodada do Campeonato Mineiro.

09/03/2020 - 08h42

URT perde para o Uberlândia e quebra tabu de quase oito anos

Quebrado o tabu de quase oito anos. Uberlândia bateu a URT por 2×0, na manhã deste domingo (8), no Estádio Parque do Sabiá, pela oitava rodada do Campeonato Mineiro. A última vitória do time triangulino havia sido conquistada em 31 de março de 2012, pelo Módulo II.

O jogo começou atrasado, porque a ambulância teve que ser deslocada para a atender a um torcedor que se sentiu mal no Estádio. Alex Honorato Mendes, de 52 anos, sofreu um infarto antes de entrar no Parque do Sabiá e, apesar do atendimento rápido, ele morreu no pronto socorro de Uberlândia.  O Torcedor era um dos integrantes da torcida organizada Inferno Verde e foi respeitado um minuto de silêncio.

O jogo

Uberlândia teve o domínio das ações no primeiro tempo, propondo o jogo, criando oportunidades e deixando a URT na defesa. Aos 26 minutos surgiu o gol. Fábio Alves cobrou do lado direito do ataque e colocou na área, para a cabeçada de Plínio.

Aos 38, substituição na URT, entrando Carlos Magno em lugar de Flávio Paulino, para tentar organizar as jogadas do Trovão Azul, acuado no jogo. O meia não atuava desde a terceira rodada, por contusão. A Celeste apertou no final, sem no entanto conseguir a igualdade no placar, terminando o primeiro tempo em 1×0.

Na etapa final, quando pressionava em busca do empate, a URT levou o segundo gol aos 11 minutos, através de Wandinho. Antes, o Trovão teve duas grandes oportunidades com Carlos Magno, não aproveitadas. Daí prá frente, Audálio teve uma boa chance, mas atirou por cima e o Uberlândia administrou a vantagem no marcador, conquistando três pontos na primeira fase do estadual 2020.

André Santos, zagueiro da URT, ainda foi expulso aos 45 minutos por uma falta sobre Luizinho. Ele havia recebido o amarelo, antes.

O jogo terminou com vitória do Uberlândia por 2×0, quebrando um tabu de quase oito anos sem vencer o Trovão.


  • Galeria
  • Galeria
  • Galeria
  • Galeria
  • Galeria
  • Galeria
Fonte: AGesporte