Raposa é encontrada morta no prolongamento da Avenida Fátima Porto

Tudo indica que o animal silvestre foi atropelado.

Igor Nunes
19/12/2016 - 14h29

Raposa é encontrada morta no prolongamento da Avenida Fátima Porto

Uma raposa foi encontrada morta no prolongamento da Avenida Fátima Porto, no Bairro Jardim Recanto. O animal silvestre estava às margens da pista e com ferimentos na boca, tudo indica que ele foi atropelado. Nossa equipe tentou contato com o Centro de Controle de Zoonoses para informar sobre o animal morto em via pública, porém o telefone fixo não atende. 

A raposa do campo, como é conhecida, tem o corpo tem 60 centímetros e a cauda mede 30 centímetros. É um dos menores cachorros selvagens brasileiro, com uma massa de cerca de quatro quilos. É carnívora e se alimenta de aves, pequenos roedores e insetos (gafanhotos). A raposa é mais ativa durante a noite, porém também sai da toca durante o dia. É bastante encontrada nos campos e cerrados do Mato Grosso do Sul e Minas Gerais.

As queimadas e os desmatamentos em Patos de Minas têm trazido animais como este para o perímetro urbano da cidade. Cobras, ouriços cacheiros, tamanduás e outros animais são frequentemente capturados no perímetro urbano pelo Corpo de Bombeiros. Em outros casos, são atropelados ou chegam a serem mortos por moradores.

A orientação do Corpo de Bombeiros é que ao se depararem com animais da fauna silvestre, não tentem capturá-los, procure um local seguro, mantenha o animal em seu campo de visão e ligue no telefone 193. Esses animais ao se sentirem acuados poderão atacar para se protegerem, por isso tomem esses cuidados.


  • Galeria
  • Galeria
  • Galeria
  • Galeria