Agências bancárias patenses aderem a greve por período indeterminado

Os aposentados estarão sendo atendidos normalmente nas agências e os caixas eletrônicos continuarão funcionando.

Caio Machado
06/09/2016 - 12h03

Agências bancárias patenses aderem a greve por período indeterminado

Na manhã desta terça-feira (06/09), as agências bancárias patenses aderiram por tempo indeterminado, a uma greve que ocorre simultaneamente em todo o país, para reajustes salariais e melhorias de condições de trabalho.

A greve acontece em todo o pais. Em Patos de Minas, 11 agências com cerca de 250 bancários aderiram a greve, que reivindica por melhorias nas condições de trabalho. 14 cidades da região também aderiram à paralisação.

Segundo Ivan Gomes, presidente do Sindicato dos Bancários de Patos de Minas e Região, a greve acontecerá por tempo indeterminado, até que a Federação Nacional dos Bancos (Fenaban) apresente uma contraproposta às demandas solicitadas pelos bancários.

“Lutamos pela reposição da inflação do período mais 5% de aumento real. O reajuste de 6,5% proposto pela Fenaban foi recusado, pois não cobre sequer a inflação de 9,37% mais o abono salarial”, afirmou Ivan.

A pauta também exige melhores condições de atendimento aos clientes. O presidente acredita que a adesão regional será grande e otimista, afirma que quanto maior a greve, mais rápido ela se encerrará.

De acordo com Ivan, os aposentados estarão sendo atendidos normalmente nas agências e os caixas eletrônicos continuarão funcionando. Outros serviços específicos devem ser consultados nas gerências das agências.


  • Galeria
  • Galeria
  • Galeria