Armas e capivara abatida são localizados às margens do Rio Paranaíba

Dois homens foram presos por ter abatido um animal da fauna silvestre.

Toninho Cury
20/04/2015 - 10h11

Dois homens, moradores da cidade de Lagamar, foram presos pela Polícia Militar de Meio Ambiente neste sábado (18). Eles estavam em um racho, às margens do Rio Paranaíba, na região de Pissarão, município de Presidente Olegário. No local foram apreendidas duas espingardas, sendo uma de pressão  calibre 5.5 milímetros e uma cartucheira calibre 28. Também foi localizada uma capivara abatida.

O sargento Moacir, disse que a polícia fazia patrulhamento pelo rio momento que deparam com uma canoa parada à margem. Ao verificar, os militares localizaram uma cabeça de uma capivara abatida no meio de um vegetal.

Foi feito um rastreamento pelas imediações e os militares chegaram a um rancho e abordaram dois homens de 52 e 36 anos. Durante as buscas, foram localizadas duas espingardas e peças de carne de capivara abatida.

Os dois homens foram encaminhados para a delegacia de Polícia Civil e as armas apreendidas. A carne foi descartada no aterro sanitário depois que um médico veterinário atestou que estava imprópria para consumo humano.

Na delegacia os dois homens negaram que as armas eram deles e disseram que não abateram nenhum animal. Eles falaram que o responsável de tudo era um homem que eles emprestaram o rancho para prestar serviços. Este homem não foi localizado. 

Fotos Toninho Cury