Homem mata pastor alemão a pauladas e é detido pela PM no Bairro Abner Afonso

Ele foi conduzido à delegacia, foi ouvido e liberado em seguida.

Íris Mota
30/11/2014 - 23h36

Homem mata pastor alemão a pauladas e é detido pela PM no Bairro Abner Afonso

Um triste caso de maus tratos a animais foi registrado pela Polícia Militar de Meio Ambiente durante a manhã deste domingo (30) na Rua Maria Borges da Silva, Bairro Abner Afonso. Um homem matou a pauladas uma cadela da raça Pastor Alemão. Ele foi denunciado e detido, mas pagou fiança e foi liberado para responder pelo crime em liberdade. 

O caso foi descoberto depois que pessoas do bairro entraram em contato com a Associação de Proteção Animal e Ambiental –ASPAA para denunciar que havia um animal sendo maltratado pelo próprio dono. Os voluntários da associação se dirigiram ao local e encontraram o animal da raça Pastor Alemão já sem vida. Ela apresentava graves ferimentos e afundamento do crânio devido a diversos golpes de paulada. A Polícia Militar de Meio Ambiente foi acionada e realizou a prisão em flagrante do dono da cadela. 

De acordo com vizinhos, Joaquim Luis Gontijo e usuário de drogas e quando está sóbrio trata o animal bem, sempre o alimentando e oferecendo cuidados. Mas sob efeito dos entorpecentes tinha o hábito de agredi-la. Vizinhos e pessoas que estiveram no local ficaram indignados com a violência do ataque. 

O boletim de ocorrência foi registrado e o homem foi conduzido à delegacia, ouvido e liberado em seguida. O homem responderá em liberdade pelo crime ambiental de maus tratos a animais. O corpo do animal foi recolhido e enterrado pelos voluntário da associação protetora dos animais.

A ASPAA e a Polícia Militar de Meio Ambiente orientam a população a sempre denunciar os casos de maus tratos a animais. As ocorrências são muitas em toda a cidade e a melhor forma de combater é denunciando os responsáveis para que eles paguem pelo crime e para que o sofrimento do animal seja interrompido.