Poluição e seca atingem o Rio Areado

O Rio Areado está com apenas 10% da capacidade e a água está poluída.

Igor Nunes
17/10/2014 - 15h16

Poluição e seca atingem o  Rio Areado

Os moradores do distrito de Areado, no município de Patos de Minas, estão assustados com a situação do rio que abastece a cidade. Além da seca, os técnicos da COPASA constataram um nível alto de poluição. Segundo moradores, a captação de água nesta sexta-feira (17) teve que ser interrompida.

O coordenador do movimento S. O. S. Areado, Nascimento Alves Xel, informou que devido a estiagem, o rio está apenas com 10% da capacidade de água. Além disso, nesta sexta-feira (17), os moradores que da região foram surpreendidos por uma água cinza que corria no rio. Xel informou que a captação de água feita pela COPASA teve que ser interrompida. A empresa de saneamento foi obrigada a despoluir a água para fornecer a população.

Xel disse que voluntários percorreram as margens do rio para tentar localizar o local de origem da poluição. Segundo ele, a água poluída vinha do afluente do rio, conhecido como Córrego da Confusão. Este córrego nasce na comunidade rural de Posse do Chumbo, passa pela região de Confusão e deságua no Rio Areado.

A Polícia Militar de Meio Ambiente foi acionada e investiga as causas da poluição deste afluente. Os militares ainda recebem o apoio de membros do S. O. S. Areado e até demoradores da região para tentar descobrir deste dano ao meio ambiente.

Assim como acontece em outras partes do Alto Paranaíba, esta região do município de Patos de Minas vem sofrendo com a estiagem. Em Pindaíbas, o abastecimento da cidade ocorre apenas com caminhões pipa. Os produtores rurais são obrigados a contratar caminhões para buscar água e levar para os animais. Moradores ainda denunciam que estes caminhões estão captando o pouco de água que resta no rio. 

Fotos: Divulgação SOS Areado